Back to top

AUMENTO DO RETORNO DO INVESTIMENTO EM QUALIDADE DO SOFTWARE ATRAVÉS DE POLÍTICAS QUE REDUZAM O SEU CUSTO

Tipo de Trabalho 

Artigo

Com o passar do tempo as empresas de desenvolvimento de software vêm se preocupando cada vez mais em como desenvolver um software com mais qualidade. O artigo trás práticas de como uma organização consegue realizar indicadores de qualidade de software e, assim, conseguir controlar e medir suas perdas e ganhos referentes ao que foi investido. Mostra-se que o retorno de investimento em qualidade pode ser medido por vários métodos, variando de acordo com a área em que são implementados.

O retorno de investimento ao aplicar a qualidade de software em um sistema implica em incluir processos e seus respectivos custos, sendo eles, custo de prevenção, custo de verificação, custos de falhas e não conformidades e custos de falhas externas. Com isso, para que um software tenha o básico relacionado a qualidade, o mesmo deve ter os seguintes atributos: funcionalidade, são as funções que foram requisitadas ou nao pelo usuário; confiabilidade, o software precisa ser disponível e confiável para o uso do cliente; usabilidade, o sistema precisa ser de fácil uso e consequentemente, mais intuitivo; eficiente, necessita que o programa possua uma boa taxa de resposta com os servidores e tenha estabilidade; manutenibilidade, atributo que determina que o software tenha uma boa arquitetura de código, para que qualquer profissional consiga fazer qualquer tipo de manutenção e otimize o seu tempo; e por fim, a portabilidade, relacionado a mudança de ambiente do software, onde o mesmo deve manter as suas funcionalidades operando corretamente.

Investir em qualidade de software requer planejamento, pois quando um processo de qualidade é adicionado no desenvolvimento de um software, consequentemente esse produto ficará mais caro porque terá de passar por validações antes que seja entregue ao cliente final.

Portanto, sabe-se que ações preventivas desprendem menos custos do que ações que requerem a manutenção de um problema no software que passa a afetar, consequentemente, os clientes. No entanto, um caminho a ser seguido para a otimização e gestão da qualidade e redução de erros durante um processo de desenvolvimento seria a automatização desses processos.

Este trabalho apresentou uma pesquisa bibliográfica consistente sobre o conceito de retorno sobre a qualidade de serviços e também o referente a qualidade do software, trazendo informações referentes ao benefício da adoção de um processo de qualidade de software, antes, durante e depois do desenvolvimento como um todo.