Back to top

A TENSÃO ENTRE A MINORIA NACIONAL UIGUR E O PARTIDO COMUNISTA CHINÊS: IMPLICAÇÕES GEOPOLÍTICAS

Tipo de Trabalho 

Artigo

Resumo

O presente artigo buscou trazer ao leitor a situação de perseguição étnica e cultural vivenciada pelo povo uigur no território chinês. Para tal foram trabalhados alguns conceitos geopolíticos, que sustentam a análise das relações de poder vivenciadas entre o Estado chinês e a referida minoria, além de um breve histórico desta relação. Somada a esta contextualização, o trabalho se desenvolveu a partir da análise da mais recente questão do povo uigur na China, que ganhou notoriedade nos últimos tempos: as diversas denúncias e investigações, que acusam o governo chinês de confinar, vigiar e punir indivíduos uigures em unidades de reclusão, violando assim os mais diversos direitos humanos. A presente investigação se estruturou por meio de uma abordagem bibliográfica qualitativa, de modo a circunscrever o fenômeno em questão. A China, sendo atualmente uma das maiores potências mundiais, atrai para si olhares sob a sua conduta em lidar com a diversidade e impasses em seu território, afetando a sua imagem no cenário mundial e, consequentemente, as suas relações geopolíticas e a sua influência internacional.